História de Bandeira do Sul

Histórico da Cidade

     O Município de Bandeira do Sul teve como colaboradores primários de sua fundação os Srs. José Bandeira de Carvalho, João Vilella de Carvalho, Pedro de Castro Muniz e Salvador Flores. Porém, a idéia de formar uma vila entre as terras de Poços de Caldas e Campestre, em virtude da enorme distância entre as duas cidades, nasceu de José Bandeira de Carvalho. Diante de seu idealismo, adquiriu alguns alqueires na região denominada Marambaia para a futura colonização dos terrenos.
Em 1941, como marco inicial, fez-se o loteamento, formando uma pequena comunidade com o nome de Vila Bandeira. A Lei nº 336, de 27/12/1948 criou o distrito de Bandeira. A instalação do Distrito verificou-se no dia 01/01/1949. Foi dado início à construção de uma capela em honra à Nossa senhora Aparecida com muitas doações e, no dia 14/03/1951, foi festivamente gravado com letras de ouro na história do incipiente distrito a instalação da Paróquia de Nossa Senhora Aparecida. Em 27/09/1952 foram inauguradas a Agência Postal e a Rodovia que liga Bandeira do Sul à Botelhos. O nome do distrito foi mudado para Bandeira do Sul de acordo com a Lei nº 1.039 de 12/12/1953. Em 28/02/57 foi inaugurado o Posto Telefônico. Inúmeros esforços foram dedicados para que o povoado prosperasse e este cumpriu a missão que lhe estava reservada: em 20/12/1962 através da Lei nº 2.764 foi o distrito elevado a Município, constituído de um único distrito, sendo instalado em 1º março de 1963, proclamando-se cidade de Bandeira do Sul. O Município foi desmembrado do Município de Campestre cuja à Comarca ficou pertencendo.